FilmesO Jeca e a Égua Milagrosa
Fonte principal: ACPJ/I - Araken Campos Pereira Júnior. Cinema Brasileiro (1908-1978) - Longa-Metragem. V. 1 Santos: Casa do Cinema, 1979.
Foto O Jeca e a Égua Milagrosa


Na caça aos votos, dois fazendeiros fazem de tudo para se elegerem prefeito numa cidade do interior.
Os dois coronéis, Libório e Afonso, têm terreiros de umbanda e candomblé e utilizam os espaços para influenciar os moradores, arrebanhando fiéis para seus cultos e votos nas próximas eleições.
Raimundo é amigo do coronel Afonso. O fazendeiro Libório tem em seu terreiro, como atração, uma égua a quem os fiéis atribuem poderes de cura. Os milagres feitos pela égua correm pela cidade e contribuem para indispor Afonso e Libório.
Raimundo gosta muito do animal mas sua amizade com o coronel Afonso o afasta do pessoal do Libório. Diante das confusões que cria é obrigado a casar com a égua do fazendeiro. Os agitados comícios que antecedem as eleições e os meios utilizados por cada um dos coronéis garantirão a prefeitura.

(Fonte: Museu Mazzaropi)
     
     

Elenco

Amácio MazzaropiGeny PradoTuríbio Ruiz
Gilda Valença • Marcia Deffonso • Augusto César Ribeiro
Roberval de Paula • Paulo Pinheiro • Francisco Tadeu Alves
André Luiz de Toledo • Wilson Damas • José Velloni
Guiomar Pimenta • José Minelli Filho • Júlio Cesar


comédia, ficção; 102 minutos; censura livre


cia produtora   PAM Filmes, Taubaté, SP
     
distribuição   PAM Filmes
     
direção   Pio Zamuner, Mazzaropi
     
argumento   Amácio Mazzaropi
     
roteiro   Kleber Afonso, Amácio Mazzaropi
     
diretor de fotografia   Pio Zamuner
câmera   Virgílio Roveda
assistente de câmera   Antonio Francisco Rovagnoli
foco   Virgílio Roveda
     
produção   Amácio Mazzaropi
diretor de produção   Carlos Garcia
     
técnico de som   Norival Gonçalves de Moura
     
montagem   Walter Wanni
     
cenografia   Amácio Mazzaropi
     
maquilagem   Nena Viana
     
música   Hector Lagna Fietta
canções   "Minha toada" de Dolores Duran e Edson França, canta Mazzaropi; "Sertão em flor" de Crisósthomo Faria, cantam Danilo e Daniel
     
continuidade   Marta Salomão Jardini
     
laboratório imagem   Revela S.A.
sistema cor   colorido
ano de produção   1980
lançamento   29.09.80, Porto Alegre, RS, circuito Real Vitória, Miramar



Comentários

O filme foi produzido nos estúdios da PAM Filmes, em Taubaté, SP, onde hoje ficam o Hotel Fazenda Mazzaropi e o Museu Mazzaropi.

Último filme de Mazzaropi.


 

[home] • [minha história] • [filmes] • [música] • [sucesso e crítica]
[
postais] • [olá, mazzaropi!] • [hotel mazzaropi] • [links]

e-mail : museu@museumazzaropi.com.br

Créditos

Astros e Estrelas do Cinema Brasileiro As biografias fazem parte do livro
"Astros e Estrelas do Cinema Brasileiro"

Melhor visualização: 800x600